Esoterikha.com Página Principal
Nome de usuário:

Senha:

 


 
Esoterikha.com
 

  *  Página Principal
  *  Dia dos Namorados
  *  TV Esoterikha Videos
  *  Especial dia dos Pais
  *  Signs and Astrology
  *  Dia do Amigo 20/07
  *  Evangelho de Judas
  *  Frases e Mensagens Motivacionais
  *  Cursos Gratuitos
  *  O Segredo - PNL
  *  Cursos em CD ROM
  *  Astros e Namorados
  *  Iching Grátis
*Curso Magia das Runas
  *  Cabala dos Números
*Mistérios Vida e Morte
  *  Loja Esoterikha
  *  Lei da Atração
  *  Boletim Esoterikha
* Saúde Anatomia Oculta
  *  Grandes Mistérios
  *  Feng Shui
  *  Pirâmides
  *  Novidades do site
  *  Profecias
  *  Fale conosco - SAC
  *  Política Privacidade

 
Curso de Magia Branca e Teurgia
 

   *  Adquirir CD ROM
   *  Conteúdo
   *  Multimídia
   *  Video Aulas
   *  Magia Branca
   *  O Espelho Mágico
   *  Astrologia Esotérica
   *  Teurgia
   *  Rituais
   *  Numerologia Grátis
   *  Download Gratuito

 
Curso de Magia Elemental
 

   *  Adquirir CD ROM
   *  Conteúdo
   *  Multimídia
   *  Video Aulas
   *  Medicina Oculta
   *  Rituais
   *  Clarividência
   *  Vidas Passadas
   *  Viagem Astral
   *  Acorde Matrix
   *  Download Gratuito

 
Curso de Gnose Gnosis
     *  Curso de Gnose
   *  ( Totalmente Grátis )
   *  Curso de Cabala
   *  ( Totalmente Grátis )
   *  Curso de Tarot / Tarô
   *  ( Totalmente Grátis )
   *  Biblioteca Gnóstica
 
Numerologia
     *  Mapa Numerológico
   *  Numerologia
   *  Sinastria
   *  Veja um exemplo
 
Mapa Astral Sinastria Relacionamento
     *  Mapa Astral Grátis
   *  Mapa Astral Natal
   *  Mapa Sinastria
   *  Mapa Astral Família
   *  Veja um exemplo
   *  Participe !
 


www.esoterikha.com
Web

   

Grandes Mistérios > O Triângulo das Bermudas > Antigas máquinas submersas, restos do Dilúvio

Antigas máquinas submersas, restos do Dilúvio

Finalmente, graças às características da zona e sua história geológica, circula outra hipótese, tão fantástica como as anteriores, que prediz a existência dentro do Triângulo, de grandes complexos de energia, antigas máquinas e fontes energéticas que uma civilização, cujos restos jazem no fundo do mar, teria conhecido e utilizado e que hoje poderiam ser acionadas ocasionalmente por aviões que ao sobrevoá-las desencadeariam redemoinhos magnéticos produzindo fatais perturbações.

Para examinar esta nova tese é necessário voltar atrás no tempo e na vida do oceano e da civilização humana.

maquinas submersas do diluvio

Com a ajuda de um braço mecânico puderam ser recuperados alguns restos, que foram minuciosamente examinados.

A vista dos objetos que puderam ser recuperados, o Tribunal de Averiguação da Armada não encontrou explicação ao acontecido.

Restos do dilúvio?

Já apontamos em ocasiões que está geralmente aceita a crença de que em alguma época lontana grandes porções de Terra estiveram sob a água e que outras que agora estão submersas fizeram parte da superfície terrestre.

Destacamos também o tema da ilha de Páscoa, que quase todas as raças e povos do planeta conservaram vivas tradições acerca das anteriores destruições universais causadas por inundações.

Houve muitos Noés

De certo modo conhecemos inúmeros nomes de personagens que, igual a Noé do Dilúvio bíblico, conseguiram escapar à catástrofe: Deucalião, herói da mitologia grega, que repovoou a Terra esparramando pedras; Baisbata, o sobrevivente da inundação da qual se fala em Mahabharata da índia; Ut-Napishtim, da lenda babilônica; Yima, do Írã; Coxcox, do antigo México; Tezpi, também mexicano, que dispôs de um grande navio onde carregou grãos e animais; Bochica, da lenda colombiana, que fez um buraco na terra para livrar-se das águas; Tamandaré, o herói guarani da América do Sul, e muitos outros mais.

Ante uma lenda tão enraizada e viva em todo o mundo, acerca das mudanças na Terra, o clima e os níveis de água, algo faz supor que realmente um fato parecido ocorreu há alguns milhões de anos.

O Dilúvio Universal

O Dilúvio é um episódio obscuro da história da humanidade, tendo sido relatado pelas mais diversas fontes. A versão mais conhecida é aquela descrita na Bíblia, em que Noé, seguindo as instruções divinas, constrói uma arca para a preservação da vida na Terra, na qual abriga um casal de cada espécie de animal, bem como a ele e a sua própria família enquanto Deus, exercendo julgamento sobre os ante-diluvianos (povo de mente e ações perversas), inundava toda a Terra com uma chuva que durara 40 dias e 40 noites.

Após alguns meses, quando as águas começaram a descer, Noé enviou uma pomba, que lhe trouxe uma folha de oliveira. A partir daí, os descendentes de Noé teriam repovoado a Terra, dando origem a todos os povos conhecidos.

Diversas origens

Além do fato de Jesus Cristo considerar o evento como fato real e definitivo (Mateus 24:37-39), o Dilúvio também é descrito em fontes sumérias, assírias, armênias, egípcias e persas, entre outras, de forma basicamente semelhante ao episódio bíblico: Deus (ou o deus em questão) decide limpar a terra de uma humanidade corrupta e escolhe um homem bom aos seus olhos para construir uma arca para abrigar sua Criação no tempo em que a terra estivesse inundada. Após um certo período, a água desce, a arca fica encalhada numa montanha, os animais repovoam a terra e os descendentes de tal homem geram a todos os povos do mundo.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Dil%C3%BAvio <dilúvio>

Leitura Complementar (Download Gratuito de Livro)

Aprofunde seus estudos fazendo Download Gratuito de livros do site Esoterikha.com

Coloque seu nome e e-mail no formulário abaixo, selecione um livro e clique em Download Gratuito. Nosso sistema enviará para seu e-mail o link direto para download do livro. Utilize um e-mail válido para receber o link. Não precisa nenhum cadastro nem pagar nenhuma taxa, o download do livro é totalmente gratuito.

Download Gratuito de Livros Esoterikha.com




Recomende este site e faça um amigo feliz!

Textos relacionados:

As Causas do Fim do Mundo

1- O Fim de um mundo

2 - Da Era de Peixes a Era de Aquário

3- O Futuro da Água, do Ar e do Átomo

4 - Poluição, Pragas, Contaminação e Morte

5 - O Sol, companheiro de Sirio

6 - Hercólubus, Asteroides e Explosões Nucleares

7 - A Era do Gelo, Glaciações e a Terceira Guerra Mundial

 

Fato histórico sobre o Dilúvio Universal

A consistência de tais histórias e sua extensa distribuição ao redor do globo faz com que alguns historiadores considerem o fato como podendo der real e o relato bíblico como autêntico. A hipótese de que uma grande inundação local tenha tomado lugar na Mesopotâmia em algum momento, forçando a construção às pressas de embarcações para abrigar os sobreviventes, parece não transmitir corretamente a vívida descrição de caos que os relatos parecem mostrar. As proporções da catástrofe parecem ter sido mundiais. O relato bíblico do Dilúvio chega a dizer: "Assim foram exterminadas todas as criaturas que havia sobre a face da Terra, tanto o homem como o gado, o réptil, e as aves do céu; todos foram exterminados da terra; ficou somente Noé, e os que com ele estavam na arca" Gênesis 7:21-23. Alguns pesquisadores acreditam ainda que a arca pode ser encontrada em algum ponto do Cáucaso, possivelmente no Monte Ararat, onde diversos relatos de pilotos que sobrevoaram a região durante a Segunda Guerra Mundial parecem confirmar a idéia de um imenso barco no meio desta cadeia de montanhas.

Uma das últimas e mais controversas teorias sobre a possível origem desses mitos de dilúvio seja a Teoria de Ryan-Pitman, que avança a hipótese da rápida subida das águas na bacia do Mar Negro, ocasionada pela ruptura de um dique natural formado antigamente pelo estreito de Bósforo, por volta de 5600 a.C. Pesquisas submarinas revelaram restos de habitações primitivas e utensílios no fundo do Mar Negro, numa clara indicação que partes do atual mar foram habitadas há alguns milhares de anos.

Criacionismo

Os defensores do criacionismo entendem o dilúvio bíblico como justificativa para a extinção de espécies, como os dinossauros e os 90% de todas as espécies que já existiram, cujos vestígios se encontram nas camadas geológicas, mas que não estão presentes hoje. Apesar de a Bíblia em nenhum lugar citar a palavra dinossauros, ela consistentemente afirma que a morte veio sobre a Terra como conseqüência do pecado do homem. Fica subentendido que, para que os dinossauros morressem por causa do que o homem fez, eles tinham que ser contemporâneos. Como justificativa desta idéia, muitos citam o fato de que em alguns locais, em leitos de rios como o Rio Paluxy em Glen Rose, Texas, EUA, pegadas gravadas nas rochas são atribuídas a dinossauros, mas algumas trilhas parecem ser humanas, com pegadas humanas (o formato das pegadas, contudo, parece ser de pés de tamanho descomunal).

Recomende este site e faça um amigo feliz!

 
Web www.esoterikha.com
 
 
tracker


©2006 - Khaueh Produções Artísticas & Esoterikha.com - Todos os direitos reservados

Fale conosco - SAC | Política de Privacidade