Esoterikha.com Página Principal
Nome de usuário:

Senha:

 


 
Esoterikha.com
 

  *  Página Principal
  *  Dia dos Namorados
  *  TV Esoterikha Videos
  *  Especial dia dos Pais
  *  Signs and Astrology
  *  Dia do Amigo 20/07
  *  Evangelho de Judas
  *  Frases e Mensagens Motivacionais
  *  Cursos Gratuitos
  *  O Segredo - PNL
  *  Cursos em CD ROM
  *  Astros e Namorados
  *  Iching Grátis
*Curso Magia das Runas
  *  Cabala dos Números
*Mistérios Vida e Morte
  *  Loja Esoterikha
  *  Lei da Atração
  *  Boletim Esoterikha
* Saúde Anatomia Oculta
  *  Grandes Mistérios
  *  Feng Shui
  *  Pirâmides
  *  Novidades do site
  *  Profecias
  *  Fale conosco - SAC
  *  Política Privacidade

 
Curso de Magia Branca e Teurgia
 

   *  Adquirir CD ROM
   *  Conteúdo
   *  Multimídia
   *  Video Aulas
   *  Magia Branca
   *  O Espelho Mágico
   *  Astrologia Esotérica
   *  Teurgia
   *  Rituais
   *  Numerologia Grátis
   *  Download Gratuito

 
Curso de Magia Elemental
 

   *  Adquirir CD ROM
   *  Conteúdo
   *  Multimídia
   *  Video Aulas
   *  Medicina Oculta
   *  Rituais
   *  Clarividência
   *  Vidas Passadas
   *  Viagem Astral
   *  Acorde Matrix
   *  Download Gratuito

 
Curso de Gnose Gnosis
     *  Curso de Gnose
   *  ( Totalmente Grátis )
   *  Curso de Cabala
   *  ( Totalmente Grátis )
   *  Curso de Tarot / Tarô
   *  ( Totalmente Grátis )
   *  Biblioteca Gnóstica
 
Numerologia
     *  Mapa Numerológico
   *  Numerologia
   *  Sinastria
   *  Veja um exemplo
 
Mapa Astral Sinastria Relacionamento
     *  Mapa Astral Grátis
   *  Mapa Astral Natal
   *  Mapa Sinastria
   *  Mapa Astral Família
   *  Veja um exemplo
   *  Participe !
 


www.esoterikha.com
Web

   

Grandes Mistérios > Os Mistérios e o Poder das Pirâmides > Radiação Cósmica, mumificação e biorrítimos

Radiação Cósmica, mumificação e biorrítimos

As pirâmides modificam as radiações cósmicas. Estudos levados a cabo no Instituto Max Planck da Alemanha indicam que "os organismos protegidos das forças magnéticas e elétricas perdem o ritmo das funções psicofísicas naturais e adquirem novos ritmos que não são circadianos". Alto aí! Depois de um percurso apaixonante, voltamos a encontrar-nos com a resposta sugerida pelas pirâmides. Já vimos como elas conseguiam modificar a atuação das radiações cósmicas em seu interior, e por sua vez neutralizar a ação dos campos elétricos e magnéticos no interior do mesmo, situando-o como fora do tempo. Mas o que é o tempo senão a medida dos ritmos circadianos, anual, cósmico, etc.?

radiacao cosmica piramide

A mumificação; uma mudança de ritmo

A "mumificação" não é mais que o efeito da tentativa perfeitamente lograda de fazer com que todos os organismos, inclusive o cadáver, colocado no interior isolante da pirâmide, assuma, como dizem os investigadores do Instituto Max Plank, ritmos diferentes dos naturais, isto é, infinitamente mais lentos, com o qual a decomposição do orgânico praticamente seja levada a cabo segundo um ciclo infinitamente grande, muito semelhante à idéia de eternidade. A pirâmide, portanto, não é mais que a "máquina da eternidade", e sua configuração, a única capaz de "romper" a cibernética biorrítmica de todo o sistema cósmico. Muito humildemente, os senhores arqueólogos deveriam refletir sobre estas considerações, e reconhecer que até agora estiveram proporcionando-nos, da cultura e da civilização dos antigos de que se ocupam, uma visão absolutamente inadequada, pueril e francamente disparatada.

Pirâmides no mundo antigo

Os antigos egípcios, como os sumérios, os pré-colombianos, etc. não eram "a infância da Humanidade", mas os apogeus contudo inalcançados da Ciência humana, e todos nós, frente a tais gigantes intelectuais, somos como uns principiantes de cultura geral.

Pirâmides do tipo egípcio, até o presente, foram localizadas somente na China, em Shansi, e é bastante provável que, quando se conseguir chegar a elas, o sejam também as três localizadas em um patamar da cordilheira de Parimâ, na zona amazônica brasileira até a fronteira venezuelana. No patamar, chove quase constantemente, e segundo Roldao Piress, que conseguiu chegar a somente 4 quilômetros das pirâmides e fotografá-las, a selva é tão espessa, pantanosa e infernal, que desde já é muito difícil supor que ali possa ter habitado alguém desde centenas de milhares de anos. Existirá alguma valente expedição científica que se atreva a chegar até os enigmáticos monumentos de 150 metros de altura, que parecem repetir, em uma paisagem absolutamente diversa, o mesmo trio das três grandes piramides de Gize? Talvez o medo de adentrar no espantoso inferno verde amazônico não seja somente físico. Que conseqüências para a arqueologia, a pré-história e a história teria a comprovação de que as três pirâmides amazônicas, provavelmente, são mais antigas que as mesmas egípcias?

Mudanças dos biorrítmos naturais

O fato é que os construtores das pirâmides, uma vez descoberto que estas são instalações aptas para mudar os biorrítimos naturais, não podem ser já consideradas pertencentes a uma civilização de nível científico precário, como por muitos, e o vimos por que, se continua proclamando. Quem constrói uma máquina, por simples que seja, conhece os princípios que permitem sua idealização e funcionamento. E se isto é assim, está claro que nessas épocas das passadas civilizações se dominava um espectro de conhecimentos mais amplos que o atual; que nesse espectro de conhecimentos se sabia muitíssimo mais da integração do ser humano no Cósmos que nestes momentos, por meio do método da ritmia universal cuidadosamente estudada, e até o surgimento, ciberneticamente, da classe de explicação última do ser do mesmo universo, cujas realidades, acontecimentos e fenômenos não seriam mais que efeitos do dinamismo probabilístico grandioso, infinitamente superior a todos os balbucios científicos da filosofia grega que não entendeu nada de tudo isto e que nos transmitiu seu malentendido, expresso simplesmente em um conceito absolutamente comum em todas as tradições antigas: Tudo está relacionado com tudo.

Pensamento dialético, não pensamento silogístico. Pensamento que permite fazer "magia", para quem sabe discorrer com ele.

Você Sabia?

Curiosidades sobre as Pirâmides de Gizé

Acredita-se que foram empregados 100.000 mil homens durante 30 anos.

Outro dado curioso é que uma pista de auto-estrada, com 2,5 metros de largura aproximadamente e de espessura de 10cM, partindo de Nova Iorque a São Francisco poderia ser facilmente acomodada em seu interior.

Se todos os blocos da piramide de Giza forem alinhados sobre a linha do equador, cobririam 2/3 do mesmo.

Para se ter uma idéia, apenas uma montanha sólida de pedra poderia suportar o peso magnífico dessas pirâmides.

A construção da pirâmide foi feita com pedras justapostas, ou seja "encaixadas", sem auxílio de cimento ou qualquer material colante, e alguns blocos estão tão bem unidos que não é possível passar entre eles uma folha de papel.

Sabe-se que em qualquer triângulo (equilátero, isósceles ou escaleno), a soma dos ângulos internos é 180º, mas misteriosamente, essa regra não se aplica aos triângulos dos lados das pirâmides.

Um material de fácil decomposição, como carne, colocado no baricentro de uma das pirâmides não apodrece.

Foto de Satélite das Pirâmides

Magnitude de sua construção

Existe uma formação de granito plana e compacta na parte baixa da superfície onde é sustentada.

Sua construção deu-se exatamente no ponto que corresponde ao centro da massa terrestre, o eixo leste-oeste corresponde ao paralelo mais longo que cruza a Terra.Isto quer dizer que passa pela África, Ásia e América.

O meridiano mais longo que cruza a Ásia, África, Europa e Antártida também passa através da pirâmide.

Existe na Terra uma área suficiente de terrenos para oferecer 3 bilhões de possíveis locais para a construção das pirâmides acredita-se que as chances de uma escolha intencional são de 1 para 3 bilhões.

As quatro faces da pirâmide são ligeiramente encurvadas ou côncavas, não se pode perceber este detalhe quando se olha para cima, verificou-se isto por volta de 1940, por um piloto que fazia aerofotografias para conferir medições.

Todos aqueles blocos de pedra foram deliberadamente inclinados e entalhados com exatidão à curvatura da Terra.O raio dessa inclinação é igual ao raio da Terra.

As bases das paredes submersas da pirâmide contêm esferas e cavidades construídas em seu interior igual às pontes do século XX.

Do tamanho de vários campos de futebol, as pirâmides foram construídas para se adaptarem aos movimentos de expansão e contração sob a ação do calor ou do frio, ou mesmo terremotos e outros fenômenos da natureza, e após 4.600 anos, se não fosse todo esse cuidado, sua estrutura seria danificada seriamente sem esse tipo de construção.

Essas pedras de revestimento tão admirável já não existem mais, pois foram roubadas há cerca de 600 anos atrás. Atualmente sua aparência é muito desgastada, sofre com a ação dos ventos, das chuvas e das tempestades de areia.

O revestimento externo também foi concebido com blocos de pedra calcária compacta, de cor branca bem semelhante ao mármore. A pedra calcária é superior ao mármore em durabilidade e resistência aos elementos externos.

Outro fator que causa grande admiração é o espaço de 5mm dado para permitir a colocação de uma cola para selar e manter as pedras unidas. Essa cola era uma espécie de cimento branco que não permitia a entrada de água. E nos dias atuais se encontra intacto, e é tão ou mais resistente que as pedras que as une.

O brilho dessas pedras era distinto e podia ser visto a centenas de quilômetros de distância, das montanhas de Israel era possível ver o brilho magnífico.

Quem construiu as Pirâmides de Gizé era alguém com profundos conhecimentos sobre a Terra, e com uma tecnologia muito mais avançada do que a de que dispomos nos dias atuais.

Cairo, capital do Egito

Cairo é a capital e maior cidade do Egipto. É chamada de al-Qahira em árabe. Situada nas margens do Rio Nilo, tem cerca de 15.9 milhões de habitantes. Foi fundada em 969 para servir de capital do Egipto árabe. Foi conquistada em 1517 pelos turcos. Entre 1798 e 1801 foi ocupada pelos franceses. É a sede da Liga Árabe. Uma cidade que é um museu aberto composto por uma mistura de antigo e moderno, que convivem nos seus bairros, ruas, ruelas e becos. O Cairo religioso, cheio de vida e de contrastes, cidade cosmopolita em culturas e gentes, que revela diferentes civilizações.

Os principais hotéis da cidade são:

Hotel GALAA SQUARE, Giza - Cairo
As imponentes torres do elegante hotel urbano dispõem de 660 quartos distribuídos por 26 andares. O ... Reservar

Hotel Concorde El Salam Cairo
Abdel Hamid Badawi Str , 65 - Cairo
WA 07/03 EXTERIOR O edifício é dos mais majestosos do Cairo e foi construído durante o período c... Reservar

Hotel The Oasis
CAIRO-ALEX, DESERT ROAD, PO BOX 44 - Cairo

Hotel Four Seasons at The First Residence
Giza Street , 35 - Cairo
Tem instalações para conferências e salas de reuniões. Cada uma está equipada com aparelhos audiovis...

Turismo Virtual no Egito

Visite as tumbas de grandes faraós através da Realidade Virtual 3D. Neste site você pode viajar por lugares que os guias turísticos não tem acesso.

Realidade Virtual

O site está em inglês, com um pouco de conhecimento da língua você pode acessar todo o conteúdo e visitar as tumbas de grandes faraós do antigo Egito. Clique no link abaixo:

Realidade Virtual 3D - Turismo Virtual no Egito

 

 Gostou deste texto?
Envie para um amigo!

Leitura Complementar (Download Gratuito de Livro)

Aprofunde seus estudos fazendo Download Gratuito de livros do site Esoterikha.com

Coloque seu nome e e-mail no formulário abaixo, selecione um livro e clique em Download Gratuito. Nosso sistema enviará para seu e-mail o link direto para download do livro. Utilize um e-mail válido para receber o link. Não precisa nenhum cadastro nem pagar nenhuma taxa, o download do livro é totalmente gratuito.

Download Gratuito de Livros Esoterikha.com




Recomende este site e fa├ža um amigo feliz!

Textos relacionados:

As Causas do Fim do Mundo

1- O Fim de um mundo

2 - Da Era de Peixes a Era de Aquário

3- O Futuro da Água, do Ar e do Átomo

4 - Poluição, Pragas, Contaminação e Morte

5 - O Sol, companheiro de Sirio

6 - Hercólubus, Asteroides e Explosões Nucleares

7 - A Era do Gelo, Glaciações e a Terceira Guerra Mundial

 

Finalidade das Pirâmides

Estas três majestosas pirâmides foram construídas como tumbas reais para os reis Kufu (ou Quéops), Quéfren, e Menkaure (ou Miquerinos) - pai, filho e neto. A maior delas, com 147 m de altura (49 andares), é chamada Grande Pirâmide, e foi construída cerca de 2550 a.C. para Kufu, no auge do antigo reinado do Egito.

As pirâmides de Gizé são um dos monumentos mais famosos do mundo. Como todas as pirâmides, cada uma faz parte de um importante complexo que compreende um templo, uma rampa, um templo funerário e as pirâmides menores das rainhas, todo cercado de túmulos (mastabas) dos sacerdotes e pessoas do governo, uma autêntica cidade para os mortos. As valas aos pés das pirâmides continham botes desmontados: parte integral da vida no Nilo sendo considerados fundamentais na vida após a morte, porque os egípcios acreditavam que o defunto-rei navegaria pelo céu junto ao Rei-Sol. Apesar das complicadas medidas de segurança, como sistemas de bloqueio com pedregulhos e grades de granito, todas as pirâmides do Antigo Império foram profanadas e roubadas possivelmente antes de 2000 a.C.

A Grande Pirâmide, de 450 pés de altura, é a maior de todas as 80 pirâmides do Egito. Se a Grande Pirâmide fosse na cidade de Nova Iorque, ela poderia cobrir sete quarteirões. Todos os quatro lados são praticamente do mesmo comprimento, com uma exatidão não existente apenas por alguns centímetros. Isso mostra como os antigos egípcios estavam avançados na matemática e na engenharia, numa época em que muitos povos do mundo ainda eram caçadores e andarilhos. A Grande Pirâmide manteve-se como a mais alta estrutura feita pelo homem até a construção da Torre Eiffel, em 1900, 4.500 anos depois da construção da pirâmide.

Para os egípcios, a pirâmide representava os raios do Sol, brilhando em direção à Terra. Todas as pirâmides do Egito foram construídas na margem oeste do Nilo, na direção do sol poente. Os egípcios acreditavam que, enterrando seu rei numa pirâmide, ele se elevaria e se juntaria ao sol, tomando o seu lugar de direito com os deuses.

Tente imaginar o quão velhas são as pirâmides: quando as pessoas que consideramos anciãs ainda estavam vivas, como Alexandre, o Grande e Júlio César, as pirâmides já tinham mais de dois mil anos de idade. Na verdade, as pirâmides já eram consideradas antigas mesmo antes do velho reinado egípcio ter chegado ao fim.

Um velho provérbio árabe ilustra isso: "O tempo ri para todas as coisas, mas as pirâmides riem do tempo". Pouco se sabe a respeito do rei Kufu. Mas deve ter sido um regente muito poderoso para comandar as pessoas e os recursos necessários para construir a sua pirâmide. As lendas dizem que ele era um tirano, fazendo de seu povo escravos para a realização do trabalho.

Mas isso não é verdade. Na verdade os egípcios comuns consideravam uma honra e um dever religioso trabalharem na Grande Pirâmide. Além disso, a maior parte do trabalho na pirâmide ocorreu durante os quatro meses do ano quando o rio Nilo estava inundado e não havia trabalho para ser feito nas fazendas. Alguns registros mostram que as pessoas que trabalharam nas pirâmides foram pagas com cerveja.

Foram necessários 100.000 trabalhadores por mais de 20 anos para construir a Grande Pirâmide. Foram usados mais de 2.000.000 de blocos de pedra, cada qual pesando em média duas toneladas e meia. Existem muitas idéias diferentes sobre o modo de construção daquela pirâmide. Muito provavelmente os pesados blocos eram colocados sobre trenós de madeira e arrastados sobre uma longa rampa. Enquanto a pirâmide ficava mais alta, a rampa ficava mais longa, para manter o nível de inclinação igual. Mas uma outra teoria é a de que uma rampa envolvia a pirâmide, como uma escada em espiral.

Existem muitas perguntas sem resposta sobre a pirâmide. Como os antigos egípcios encaixaram pedras tão grandes com tanta exatidão, usando ferramentas simples como martelos, talhadeiras, alavancas e cordas? Hoje, muitas pessoas acham que os antigos egípcios tinham um conhecimento especial, que foi destruído ou roubado. Alguns vão até mais longe, sugerindo que visitantes de outro planeta construíram-na. Um outro mistério é como os lados das pirâmides são simétricos com as linhas norte-sul, leste-oeste que o homem moderno desenha no globo. Isso significa que os antigos egípcios sabiam o tamanho e o formato da Terra? E, também, parece que os corredores dentro da Grande Pirâmide possam se alinhar com certas estrelas. A pirâmide era usada para observar as estrelas? Nós, provavelmente, nunca saberemos as respostas a essas perguntas, mas as pirâmides irão continuar a fascinar as pessoas enquanto se mantiverem de pé.

Existem três passagens dentro da Grande Pirâmide, levando às três câmaras. A maioria das pirâmides tem apenas uma câmara mortuária subterrânea, mas enquanto a pirâmide ia ficando cada vez mais alta, provavelmente Kufu mudou de idéia, duas vezes. Ele finalmente foi enterrado na Câmara do Rei, onde a pedra do lado de fora de seu caixão - chamado sarcófago - está hoje. (A câmara do meio foi chamada Câmara da Rainha, por acidente. A rainha foi enterrada numa pirâmide muito menor, ao lado da pirâmide de Kufu).

Ninguém sabe o que aconteceu ao corpo de Kufu, ou aos tesouros enterrados com ele. A pirâmide foi roubada há alguns milhares de anos. Na verdade, todos os reis do Egito foram vítimas de ladrões de túmulos - exceto um, chamado Tutankhamon (ou Rei Tut Ankh Âmon'. Os tesouros de ouro da tumba de Tutankhamon foram descobertos em meio a riquíssimos tesouros por Lord Carnavon, em 1922, e continuam a impressionar o mundo. Ainda hoje Tutankhamon não foi um rei de grande poder e morreu jovem. Então, podemos apenas imaginar os fantásticos tesouros que um regente poderoso como Kufu deveria ter enterrado na sua câmara.

 

 


 
Web www.esoterikha.com
 
tracker


©2006 - Khaueh Produções Artísticas & Esoterikha.com - Todos os direitos reservados

Fale conosco - SAC | Política de Privacidade