Como contratar um Executive Coach - Dicas, sugestões e cuidados

Contratando um Coach. Conheça os benefícios do Coaching, os pontos importantes para realizar uma boa contratação e saiba como escolher o melhor profissional para suprir as suas necessidades.

como contratar um executive coach, dicas e cuidados

Em apertada síntese, o coaching consiste em um processo em que uma pessoa (o coach) auxilia outra (coachee), através de técnicas e ferramentas, a sair do estado atual e chegar até o estado desejado (sua meta). Um dos pressupostos do coaching é o de que qualquer pessoa possui os recursos necessários para fazer essa transição ou possui a capacidade de adquiri-los.

O resultado do coaching depende muito mais do conduzido do que do condutor. Assim, um coach jamais pode garantir que a meta será alcançada ou estabelecer um prazo para isso.

Ao final de cada sessão, sempre haverá uma lista de ações que deverão ser realizadas até a próxima sessão, sendo certo que se as metas de procedimentos forem cumpridas, a cada semana o cliente se aproximará cada vez mais de sua meta.

O principal benefício do coaching é estimular a pessoa a sair da zona de conforto para iniciar a execução de atos que a aproximarão de seu objetivo e que por algum motivo, até o momento não vinham sendo executados.

Através do coaching, serão investigados os valores da pessoa que está passando pelo processo e será feita uma verificação do alinhamento da meta traçada com esses valores, pois se houver alguma incongruência entre esses elementos, não haverá motivação necessária para prosseguir.

Cuidados ao contratar um Executive Coach

Outros aspectos importantes a serem considerados para que sejam redobrados os cuidados na contratação:

  • a formação é bastante breve comparando-se aos cursos superiores existentes (até mesmo aqueles de duração reduzida) e muitas instituições não estabelecem pré-requisitos para a realização do curso;
  • a profissão não é regulamentada, portanto, qualquer um após algumas semanas de formação (ou não, pois existem pessoas que atuam sem ter realizado qualquer curso) pode sair atendendo clientes.

Assim, é importante que os conhecimentos de coaching sejam conjugados à formação inicial, experiência profissional e habilidades que a pessoa já possui. Desconfie de um profissional que não tenha curso superior, que diz poder ajudar uma empresa mas não possui qualquer vivência organizacional ou desconheça completamente o negócio do cliente.

Algumas pessoas alegam não precisar entender nada sobre a atividade do cliente para fazer um trabalho de coaching. Em parte, esse argumento é defensável. Ou seja, mesmo sem adentrar o mérito da questão, o coach conseguirá aplicar as ferramentas e provavelmente, alguns resultados positivos poderão ser obtidos. Porém, a compreensão sobre o que realmente está acontecendo proporciona uma visão muito mais ampla e apurada, habilitando o coach a explorar melhor a situação e fazer perguntas mais precisas.

Desta forma, a pessoa ou empresa que pretender contratar um coach deve investigar sobre a formação e a trajetória profissional dessa pessoa para certificar-se de que ela poderá cumprir o que promete.

Também é aconselhável, antes da contratação, a realização de um alinhamento de expectativas. Procure saber como o profissional trabalha, pergunte sobre as etapas do processo e verifique se o que ele oferece corresponde às suas necessidades e a o que você espera da contratação.

Por fim, é importante lembrar que é altamente desejável e útil que antes do início das sessões, seja feito um diagnóstico pormenorizado visando a investigação dos pontos específicos que precisam ser trabalhados em cada pessoa. Por vezes, a percepção do contratante não corresponde a real necessidade e o coach, através de suas habilidades, terá mais condições de realizar um diagnóstico mais preciso.

Em conclusão, se a escolha do profissional e a contratação forem bem feita, com certeza os benefícios aparecerão.

Entenda como as técnicas e ferramentas de coaching podem ajudar profissionais do direito lendo meu artigo Coaching para Advogados - Escritórios de advocacia e setores jurídicos de empresas, como o coaching pode auxiliar profissionais da área do Direito a adaptar-se à nova realidade, desenvolvendo competências que no passado não eram exigências para essa profissão.

Sugestão de leitura: O que é Coach e o que é Coachee - Diferença entre Coach e Coachee, conheça o significado dessas palavras numa sessão de coaching.

Lícia Onodera é advogada, consultora e executive coach da Schumann Consulting em São Paulo. Atuou em empresas de consultoria, órgãos públicos e escritórios de advocacia. Possui formação em PNL (programação neurolinguística) e coach pela ICI (International Association of Coaching Institute) e SLAC (Sociedade Latino Americana de Coaching). Para entrar em contato envie um email para: [email protected]

Esoterikha.com - Mensagens, Cursos e Treinamentos

©2003-2017 - Khaueh Produções Artísticas | Esoterikha.com - Todos os direitos reservados

Fale Conosco - SAC | Política de Privacidade