A sugestopedia de Lozanov aplicada a Aprendizagem Acelerada

Treinamentos motivacionais coaching e pnl:Vencer é encontrar a criança que há dentro de você e amá-la, a verdadeira ação social começa dentro de nós mesmos. É carregar esta criança no colo e deixá-la sonhar, pois ela sabe que não há sonhos impossíveis, o que há são sonhadores que desistiram, muitas vezes até mesmo, antes de tentar”. (Flávio Souza – Coach, Consultor e Palestrante)

treinamentos de Aprendizagem Acelerada - PNL Programação NeurolinguísticaCientistas já comprovaram, através de pesquisas, que há um “estado ótimo para a aprendizagem” e que este estado pode ser obtido através do relaxamento bioenergético associado à música adequada.

A técnica de sugestopedia desenvolvida na década de 60 pelo psiquiatra educador Giorgi Lozanov baseia-se na idéia de que as informações percebidas pelos sentidos, quando a mente se encontra em estado de vigília relaxada (ondas alfa cerebrais) são registradas na memória profunda de longo prazo.

Lozanov constatou também que algumas músicas têm a propriedade de facilitar a memorização de informações a longo prazo. É como se o cérebro “abrisse seus filtros” mais facilmente para a música do que para qualquer outro tipo de informação. Segundo ele, a música barroca é a mais indicada para isso, com suas 60/70 batidas por minuto.

Utilizava a música em três etapas: primeiro para relaxar, levando o aluno a um estado de vigília relaxada (diferente do sono). Depois de forma dinâmica, usando músicas bem expressivas para passar as informações. E, finalmente, para fixar a informação usando, preferencialmente música barroca.

As técnicas do relaxamento já eram utilizadas há mais de dois mil anos pelos antigos iogues. Utilizavam como “cura” extremamente eficaz para tranqüilizar a mente e o corpo. Através de exercícios respiratórios se reduz o ritmo dos batimentos cardíacos trazendo a tranqüilidade e a serenidade importantes para o bom funcionamento do corpo. Para os iogues, sentimentos como angústia, ressentimento, intolerância e impaciência eram capazes de produzir tanto mal à saúde quanto os piores venenos. Por isso, recomendavam técnicas de relaxamento (associado à meditação ou como componente desta) para “reduzir o poder dos sentimentos negativos e assim reestabelecer a estabilidade da pessoa”. Hoje reconhecida pelos cientistas e até mesmo recomendada por muitos médicos como terapia coadjuvante no tratamento de males como depressão, ansiedade, insônia, esgotamento físico e mental, hipertensão, a prática do relaxamento tornou-se um poderoso auxiliar nos programas educacionais em diversos países.

Lozavov estava focado em descobrir por que algumas pessoas têm uma memória prodigiosa enquanto outras têm dificuldades para memorizar até mesmo informações básicas. Constatou diferenças acentuadas entre alunos de uma escola secundária, da mesma faixa etária, classe social, com o mesmo histórico escolar. Nada explicaria tanta disparidade salvo uma possível diferença genética, ou estrutural, responsável pela “maior ou menor qualidade” do cérebro de cada aluno. Sendo uma possibilidade improvável, visto que todos os resultados laboratoriais atestavam a indistinção da natureza na distribuição de formas e conteúdos cerebrais.

Lozanov decidiu recorrer à tese de Jung sobre as conseqüências da meditação praticada pelos iogues e experimentar mudanças ambientais nas suas aulas. Compreendeu o valor terapêutico dessa prática e foi o primeiro a utilizá-la em sala de aula, com resultados animadores. Dentre os benefícios observados, constatou:

  1. O aproveitamento escolar dos alunos submetidos somente à sessões de relaxamento antes das aulas pode melhorar em até 70%.
  2. Uma mente tensa é sempre dispersiva. Livre das tensões, os alunos conseguem ter um maior poder de concentração.
  3. A primeira hora que se segue após uma sessão de relaxamento é altamente favorável a toda e qualquer atividade que dependa de imaginação e criatividade.
  4. Nos exercícios de relaxamento, os canais que unem o consciente ao inconsciente se tornam intransitáveis, possibilitando um envolvimento mais completo da mente no processo intelectual.
  5. Há relatos de melhora sensível em casos de gagueira e outros problemas fonoaudiológicos. A prática sistemática de relaxamento pode corrigir problemas que vão desde a timidez até crises de euforia.
  6. Os alunos submetidos a uma sessão de relaxamento antes da aula, apresentavam uma expressão facial suave, tornam-se mais receptivos e se envolvem mais facilmente com o assunto a ser estudado.

O excesso de tensão, impróprio para qualquer atividade de introspecção a aprendizagem, faz com que o cérebro opere em alta freqüência, com até 30 ciclos por segundo.

Há determinados estados mentais que exercem um papel bloqueador na aprendizagem. O medo é um dos maiores entraves para o aprendizado da matemática. A tensão provocada pelo medo acelera os batimentos cardíacos e aumenta a pressão sanguínea nos vasos cerebrais, bloqueando, dessa forma, a concentração indispensável para o acompanhamento intelectual de qualquer processo lógico. Uma sessão de relaxamento antes das aulas de matemática pode aliviar esta tensão e reestabelecer a tranqüilidade necessária para que o aluno enfrente o desafio de aprender.

Esoterikha.com - Mensagens, Cursos e Treinamentos

©2003-2017 - Khaueh Produções Artísticas | Esoterikha.com - Todos os direitos reservados

Fale Conosco - SAC | Política de Privacidade