O que é a Escada de Inferências de Chris Argyris - Continuação do livro A arte de Soprar Brasas de Leonardo Wolk

No livro A arte de soprar Brasas de Leonardo Wolk o autor cita a Escada de inferências criada por Chris Argyris, saiba o que é e sua aplicação no curso de personal coach.

o que é a escala de inferencias de Chris Argyris

Para uma melhor compreensão do livro A arte de Soprar Brasas de Leonardo Wolk dividimos o resumo desse livro que é uma das maiores referencias do coaching mundial, na sequência conheça o que é a Escala de Inferências.

A Escada de Inferências, de Chris Argyris, indica o processo de tomada de decisões e os pontos-chaves que precisam ser trabalhados:

  1. Acontecimentos observáveis.
  2. Seleção de dados pelo filtro do modelo mental do observador.
  3. Articulação dos dados (interpretação a partir de nossas crenças pessoais).
  4. Tiramos conclusões (a "verdade")
  5. A partir das conclusões formulamos propostas de ação.
  6. Ação.

"Para aprender é necessário persistir, gerentes e funcionários devem aprender a olhar para dentro. A necessidade de refletir criticamente sobre seu próprio comportamento, identificar as formas, muitas vezes inadvertidamente contribuem para os problemas de uma organização." (Frase de Chris Argyris)

O trabalho sobre estes pontos é feito de feedbacks ou retroalimentação integrativa; a idéia é produzir uma comunicação que estimule a transformação e o espírito de sinceridade e confiança. Uma comunicação dessa natureza tem os seguintes elementos:

  1. Geração de contexto (criar um clima de confiança para a comunicação)
  2. Descrição de fatos e observações.
  3. Exposição de interpretações e opiniões.
  4. Descrição das emoções envolvidas no processo.
  5. Esclarecimentos dos objetivos propostos (porque, para quê)
  6. Formulação de um pedido efetivo (proposta de ação).
  7. Espaço para indagação.
  8. Negociação de compromissos; estabelecer ações futuras.

A técnica de Role Playing

livro a arte de soprar brasas de Leonardo Wolk

Outra técnica importante para interiorizar estes elementos é o Role Playing, simular situações práticas com o cliente e treinar sua capacidade de utilizar as ferramentas conversacionais.

O autor, baseado em sua experiência como terapeuta, destaca ainda dois elementos importantes no processo de ter um feedback de nós mesmos e das pessoas com quem nos relacionamos: a linguagem corporal (a "eloqüência" do corpo) e a linguagem das emoções; seu livro dá então algumas informações básicas sobre questões psicossomáticas, baseadas na seguinte idéia: "o corpo tem memória. Trabalhando sobre ele posso acessar o inconsciente gravado nele, chegando a destravar couraças e bloqueios que influem e condicionam a ação e a personalidade da pessoa".

E propõe um trabalho que combine técnicas de expressão corporal e dramatização em grupo, concluindo com um compartilhamento mútuo do aprendizado obtido.

Um capítulo final, escrito por Rafael Echeverria, enfatiza o eixo central de todo trabalho: estimular no coachee (cliente) o desencadeamento de um processo de transformação interior, de mudança de paradigmas internos, que lhe permita alcançar seus objetivos pessoais e ou profissionais.

Continue a leitura do resumo do livro de Leonardo Wolk: Livro Arte de Soprar Brasas, de Leonardo Wolk - Autores de Coaching - Parte 1 .

Veja também: O que é Coaching - Os tipos de Coaching | Livro Coaching para Performance de John Whitmore.

Marcelo Leandro de Campos tem experiência de 15 anos como palestrante de Autoconhecimento e treinamentos motivacionais e comportamentais; é professor de Educação Financeira na EGDS e Master Coach. Para contato e maiores informações visite minha minha página pessoal.

Esoterikha.com - Mensagens, Cursos e Treinamentos

©2003-2017 - Khaueh Produções Artísticas | Esoterikha.com - Todos os direitos reservados

Fale Conosco - SAC | Política de Privacidade