O Desafio de Mudar - Coaching, mudanças interiores e aprendizado

Como enfrentar o desafio de mudar, como o coaching pode promover mudanças interiores e aprendizado, como iniciar o processo de mudança para o desenvolvimento interior.

o desafio de mudar, o coaching e as mudanças interiores

Sob o título "O desafio de mudar" estou reunindo uma série de reflexões, experiências e pensamentos sobre essa questão tão profunda das mudanças interiores, que são a própria razão de ser do Coaching; vão compor uma série de artigos sobre esse tema tão importante. Na verdade, a própria razão de ser da vida, porque a vida em si mesma é mudança e aprendizado, é dinâmica. Quando vivemos intensamente estamos aprendendo o tempo todo; é impossível seguir repetindo as mesmas coisas, porque da observação de tudo que faço eu tiro lições que me fazem mudar e melhorar todas minhas ações: eu mudo minha relação comigo mesmo, eu mudo a forma como me relaciono com as pessoas; mudo também a relação com meu corpo, minha forma de expressão, minhas ações. Mudo a forma de pensar, de sentir e de agir.

E mudo também porque o mundo atual está em constante processo de mudança; eu preciso desenvolver cada vez mais minha adaptabilidade para viver nele; isso faz parte daquilo que o sociólogo Edgar Morin chama de "reforma do pensamento".

"A mudança só ocorre quando é impulsionada por uma força maior que a resistência que ela encontra. Somente mudamos quando somos movidos por uma grande energia motivadora; coisas como uma profunda insatisfação, indignação, tédio ou uma poderosa tomada de consciência." (Marcelo Campos, personal coach)

A metáfora da mudança para uma nova casa é um bom exemplo para reflexão: é acima de tudo um processo difícil, que envolve várias e várias fases; eu passei por um longo processo de pesquisar novas moradias, e quando eu enfim escolhi uma o trabalho na verdade só estava começando. Eu precisei então encaixotar todas minhas coisas e transportá-las para o novo endereço; nesse processo eu provavelmente aproveitei para me livrar de tudo aquilo que não me servia mais e ainda estava guardando; mas se o apego falou mais forte eu embalei até mesmo as tralhas inúteis e as levei também. Toda mudança envolve escolhas e ações.

Algumas citações de grandes personalidades sobre mudanças.

"Mudar é difícil, mas é possível" (Paulo Freire).

"Você deve ser a mudança que deseja ver no mundo" (Gandhi).

"Somos o que fazemos, mas somos principalmente o que fazemos para mudar" (Eduardo Galeano).

Mas existe um problema básico: minha psique não gosta de mudanças; ela prefere repetir o que já sabe fazer, ficar rodeada de coisas que ela já conhece. Chamamos isso de zona de conforto. Quando nos tornamos adultos só fazemos mudanças quando há algo nos incomodando muito, quando há muita necessidade; podem observar: mudamos nossos hábitos sedentários ou nossa rotina de alimentação apenas por indicação médica. Nossos hábitos de trabalho ou de estudo só são mudados quando cai muito nosso rendimento ou quando nosso emprego está ameaçado. Não temos prazer em mudar: fazemos isso porque somos ou nos sentimos obrigados.

Por conta disso, todo processo de mudança comportamental encontra resistência, por mais simples que seja; sempre há uma tendência inercial em permanecer como estamos. Isso é na verdade um paradoxo e uma contradição, porque toda vez que avançamos sobre situações e áreas que não conhecemos e em que não nos sentimos confortáveis, passado o desconforto inicial o resultado concreto é a ampliação de nossa própria zona de conforto. Em outras palavras, um dos grandes indicativos de maturidade é a disposição em operar mudanças interiores; uma pessoa sábia procura por elas, conhece os benefícios do processo.

Modelo de resposta às mudanças

Explicando de outra maneira, podemos dizer que nossa disposição e habilidade de aprender podem ser medidas por nossa atitude em relação às mudanças: alguém que não quer mudar e que inclusive não sabe como fazê-lo tem um baixo grau de habilidade e disposição para aprender; é provavelmente introvertido e se esquiva de maiores responsabilidades. Uma segunda classe de pessoas pode saber como mudar, mas não querer: estão demasiado apegadas à sua zona de conforto, estão se autolimitando. Um terceiro tipo, ao contrário, pode desejar fazer mudanças, mas não saber como agir: são entusiasmadas, mas muito superficiais, possuem disposição para precisam aperfeiçoar suas habilidades.

O quarto tipo tem os dois aspectos desenvolvidos: alta disposição e habilidades bem desenvolvidas; tem capacidade de operar grandes mudanças de forma eficiente e sua alta adaptabilidade lhe dá grande segurança; é engajado, autoconfiante e criativo.

Lembre-se: não se trata de um dom; isso é culturalmente adquirido e pode ser modelado (adquirido por meio de treinamento).

Operando mudanças

Resumindo a questão da resistência: a mudança só ocorre quando é impulsionada por uma força maior que a resistência que encontra. Somente mudamos quando somos movidos por uma grande energia motivadora; coisas como uma profunda insatisfação, indignação, tédio ou uma poderosa tomada de consciência são bons exemplos de elementos motivadores, aquela sensação interior de "basta, cansei disso!"

Mas não basta uma motivação; ela precisa ser instrumentalizada, precisa ter à sua disposição alguns de nossos "recursos interiores", ou de preferência todos eles: a força de nosso espírito (fé), de nossa mente (foco em encontrar soluções), de nosso corpo (disposição para a ação), de nossas palavras (automotivação). Para que isso ocorra é preciso remover uma de nossas principais crenças limitantes: a de que não somos capazes de mudar. Vamos continuar falando sobre isso no próximo artigo.

O desenvolvimento interior é a base para o sucesso pessoal e profissional, sugiro que leia o artigo O que é Autoconhecimento e como o coaching pode ajudar em seu desenvolvimento interior entenda o conceito de autoconhecimento e como as técnicas de coaching podem ajudar nesse processo.

Veja também: Curso de Coaching Online - Coaching EAD

Marcelo Leandro de Campos tem experiência de 15 anos como palestrante de Autoconhecimento e treinamentos motivacionais e comportamentais; é professor de Educação Financeira na EGDS e Master Coach. Para contato e maiores informações visite minha minha página pessoal.

Esoterikha.com - Mensagens, Cursos e Treinamentos

©2003-2017 - Khaueh Produções Artísticas | Esoterikha.com - Todos os direitos reservados

Fale Conosco - SAC | Política de Privacidade