Gestão do Desenvolvimento Interior através do Coaching

Como o coaching pode ajudar na gestão do desenvolvimento interior para uma melhor atuação no mundo corporativo e um melhor relacionamento interpessoal.

gestão do desenvolvimento interior com personal coaching

Novos rumos dos treinamentos corporativos utilizando o coaching no desenvolvimento Interior e Criatividade, como entender os paradigmas da Nova Economia e a eficiência dos treinamentos motivacionais e comportamentais para o sucesso pessoal e profissional.

Nos últimos 20 anos os treinamentos corporativos experimentaram uma sensível mudança de rumos: a ênfase no aumento de produtividade tem cedido lugar gradativamente ao desenvolvimento da criatividade, do relacionamento interpessoal e sobretudo do relacionamento intrapessoal (da pessoa consigo mesmo). Isso está ocorrendo por conta da crescente insatisfação com o modelo anterior: a pressão crescente por aumento de produtividade e o ambiente de concorrência cada vez mais intenso que as empresas conheceram na segunda metade do século XX tornaram o ambiente de trabalho cada vez mais estressante.

"O aumento do conhecimento é como uma esfera dilatando-se no espaço: quanto maior a nossa compreensão, maior o nosso contato com o desconhecido." (Blaise Pascal)

Os índices de depressão e transtornos de ansiedade nas populações urbanas dos países do Primeiro Mundo atingiram índices alarmantes: a OMS (Organização Mundial da Saúde) calcula que mais de 100 milhões de pessoas sofrem de depressão em todo o mundo; pesquisa da Fundação Osvaldo Cruz calcula que 19,3% da população brasileira tem problemas de depressão.

Esse quadro de insatisfação produziu então um fenômeno curioso: são cada vez mais comuns hoje em dia as histórias de importantes executivos que largam suas carreiras promissoras (mas tremendamente estressantes) para irem viver administrando um quiosque à beira de uma praia ou cuidando de uma pequena horta em alguma tranquila cidade do interior.

Ao mesmo tempo, a chamada Terceira Revolução Industrial (há quem fale em Mundo Pós-Industrial) produziu uma enorme mudança de paradigma: a ponta de lança da economia moderna deixou de ser a linha de produção de alguma fábrica; as grandes fortunas hoje são feitas a partir de alguma idéia original aplicada no mundo digital. Startups como a Google ou o Facebook dependeram basicamente de uma grande sacada criativa para elaborar ferramentas que atendessem demandas dos internautas. Ao contrário do antigo modelo corporativo, onde executivos conservadores vestindo terno e gravata conduziam seus negócios com disciplina férrea, os reis do Vale do Silício são jovens imberbes recém-saídos das faculdades, vestindo bermudões e chinelo e que brincam de fliperama em pleno horário de serviço.

Criatividade e Inteligência Emocional no Desenvolvimento Interior

A busca pela criatividade criou algumas situações inusitadas: existem, por exemplo, treinamentos de desenvolvimento da Inteligência Emocional ministrados por monges, líderes espiritualistas e outras pessoas famosas por seu desprendimento material, e que são avidamente procurados por executivos das maiores empresas do mundo moderno!

Recentemente fiz um treinamento sobre Personal Coaching na SLAC (Sociedade Latino-americana de Coaching), e me surpreendi ao encontrar na bibliografia recomendada do curso um livro do guru indiano Osho sobre como silenciar a mente!

Resumindo esse fenômeno todo, nossa sociedade está se dando conta de verdades muito simples e profundas: nossa felicidade depende essencialmente de um desenvolvimento interior equilibrado. A qualidade de meu trabalho depende basicamente de minha qualidade de vida; desenvolver uma enorme capacidade para efetuar contas ou solucionar problemas de logística não vai ajudar muito se eu não souber lidar bem com minhas emoções, por exemplo. Dominar meia dúzia de idiomas pode não ser um diferencial tão significativo se eu não tiver sensibilidade para me relacionar com as pessoas.

Exatamente por isso programas de treinamento focados em qualidade de vida fazem tanto sucesso: melhorar nossa satisfação interior é a chave para melhorar tudo em nossas vidas. A Prefeitura de Campinas, através da EGDS (Escola de Governo e Desenvolvimento do Servidor), implantou nos últimos anos um intenso programa voltado à melhoria da qualidade de vida dos servidores públicos municipais, com palestras e cursos sobre motivação, meditação, consciência corporal, educação financeira, saúde, nutrição e até dança de salão!

Tive oportunidade de acompanhar várias sessões em que participantes dos cursos davam testemunhos de como estes treinamentos mudaram de forma significativa sua forma de vida, ajudando a superar problemas como depressão, questões de relacionamento familiar, obesidade, etc.; muitos deles se sentiram motivados a voltar a estudar ou passaram a encarar novos desafios profissionais que antes lhes pareciam impossíveis. Estes programas trouxeram resultados consistentes e de longo prazo, e criaram uma nova cultura cooperativa em diversas secretarias: hoje o programa é mantido em grande parte por servidores voluntários que querem compartilhar com outros colegas o que aprenderam na própria EGDS.

Gostaria de concluir com a seguinte reflexão: o desenvolvimento profissional é importante, sem dúvida; mas só tem sentido como parte de um projeto maior de desenvolvimento interior. Não vai ajudar muito ser rico se eu não souber ser feliz.

Leia também: O que é Autoconhecimento - Coaching e autoconhecimento no desenvolvimento interior | Curso Gratuito de Coaching online.

Marcelo Leandro de Campos tem experiência de 15 anos como palestrante de Autoconhecimento e treinamentos motivacionais e comportamentais; é professor de Educação Financeira na EGDS e Master Coach. Para contato e maiores informações visite minha minha página pessoal.

Esoterikha.com - Mensagens, Cursos e Treinamentos

©2003-2017 - Khaueh Produções Artísticas | Esoterikha.com - Todos os direitos reservados

Fale Conosco - SAC | Política de Privacidade