Desenvolvimento de Competências Comportamentais - Verdades e Fantasias

O desenvolvimento de competências comportamentais é o assunto da vez no mundo do treinamento e desenvolvimento humano, afinal, o que é verdade e o que é fantasia nos treinamentos oferecidos atualmente.

Desenvolvimento de Competências Comportamentais

Hoje gostaria de compartilhar com os leitores algumas reflexões sobre o desenvolvimento de competências comportamentais. É a palavra da moda no mundo de treinamentos corporativos; por uma razão muito simples: comportamento é a grande chave para ter sucesso tanto pessoal como profissionalmente; hábitos eficientes melhoram nossa produtividade, nosso rendimento, nossa rede de relacionamentos e nossa qualidade de vida.

Muito bem; como tudo que as pessoas descobrem que é importante, o desenvolvimento de competências comportamentais também se tornou algo que todos querem para “ontem”; coisas de uma sociedade cada vez mais apressada. Transformou-se agora num produto enlatado que é oferecido no melhor estilo fast food: faça nosso treinamento de 40 horas e adquira já novas competências; contrate nosso pacote de 10 sessões de coaching e saia completamente transformado. Terapia? Conversa, isso demora demais: faça coaching e mude já!!!

"O comportamento é a grande chave para ter sucesso tanto pessoal como profissionalmente; hábitos eficientes melhoram nossa produtividade, nosso rendimento, nossa rede de relacionamentos e nossa qualidade de vida." (Marcelo Campos, Master Coach)

É muito simples: a grande demanda por estes treinamentos é um dos reflexos da enorme pressão que pesa hoje sobre os altos executivos do meio corporativo; a recente crise internacional e o quadro de mudanças cada vez mais rápidas na economia e no gerenciamento das empresas criaram um quadro de competição cada vez mais acirrada e de enorme insegurança e ansiedade em relação ao futuro imediato. Há uma enorme confusão dentro das empresas e uma sensação generalizada de incapacidade de “dar conta do recado”; num cenário destes as pessoas se agarram desesperadas a qualquer coisa que apareça como tábua de salvação.

É importante esclarecer que o novo paradigma de definição de modelos comportamentais é um enorme avanço em termos de gerenciamento; estimular o desenvolvimento da Educação Emocional é uma forma fundamental de criar uma verdadeira cultura própria da empresa e fortalecer o trabalho em equipe de forma autogerida.

Mas é preciso atentar para um detalhe fundamental: isso não acontece da noite para o dia. Nosso comportamento atual foi construído ao longo de toda nossa infância, demandou um enorme esforço psicossomático. A psiconeurologia tem dado provas concretas de que o antigo paradigma de que as pessoas não mudam é falso, não passa de uma crença limitadora. Mas infelizmente estamos passando rapidamente para o outro extremo, a crença de que comportamentos podem ser completamente mudados num estalar de dedos, bastando para isso algum tipo de “vivência transformadora” e algumas poucas sessões de treinamento e manutenção.

Isso não é verdadeiro. O nosso cérebro tem de fato uma enorme plasticidade, é moldável até idades muito avançadas; mas o processo de substituir um padrão comportamental por outro envolve um longo aprendizado para desenvolver a própria inteligência emocional. Em outras palavras, um novo comportamento surge quando estou maduro para isso; motivação e treinamento potencializam o processo de amadurecimento; exercícios de autoconhecimento e autoreflexão também. Mas não funcionamos como uma das metáforas preferidas dos vendedores de ilusão, a do computador: não há como fazer “download” e instalar um novo comportamento...

O coaching é uma metologia muito usada em processos de desenvolvimento comportamental devido à sua eficiência e simplicidade; exercícios de coaching dirigem o foco do cliente, potencializam sua capacidade de reflexão e estimulam sua motivação em direção a resultados. Treinam com muita eficiência novos comportamentos, inclusive com uso de recursos psicodramáticos. Mas não fazem isso num passe de mágica; é verdade que algumas pessoas exibem resultados impressionantes em muito pouco tempo, mas por uma razão muito simples: são pessoas que ao longo da vida se instrumentalizaram para mudar, ainda que de forma inconsciente; já possuem um alto grau das competências comportamentais que desejam, falta apenas uma lapidação final para que o processo se complete.

Isso me lembra uma cliente que me procurou com uma demanda de organizar seu tempo; queixou-se de estar completamente desorganizada e de haver perdido boa parte de sua eficiência em assuntos profissionais. Mas em apenas duas sessões ela revelou uma enorme capacidade de elaborar um sofisticado plano de ação para se organizar e uma disciplina impecável para colocá-los em ação. Bastou um pequeno exame de sua vida pregressa para ficar claro que ela já tinha esses comportamentos bem internalizados; ela simplesmente estava passando por uma fase de vida que havia interrompido temporariamente sua conexão com essas potencialidades internas.

É uma situação muito diversa de alguém que nunca foi de fato disciplinado e organizado, que precisa amadurecer para a necessidade de disciplina e organização e se motivar continuamente para um longo processo de ir treinando e aprendendo lentamente estes novos valores.

Metáfora da semente

Uma coisa é transplantar uma planta formada de um vaso para outro; é algo muito diferente de colocar uma semente na terra e esperar que germine e cresça. Se respeitarmos esse tempo natural podemos de fato criar um clima propício para mudanças comportamentais, crescimento interior e melhoria tanto da eficiência profissional quanto da qualidade de vida. Quando pressionamos por mudanças imediatas, ou pior, quando estas pessoas são convencidas a comprar essas “pílulas de transformação imediata” tudo que conseguimos é que as pessoas se frustrem e passem a duvidar ainda mais de sua própria (e real) capacidade de operar mudanças.

Prezado leitor, suas dúvidas e comentários são sempre bem-vindas, ainda que na forma de críticas. Fique à vontade para entrar em contato conosco e solicitar maiores informações sobre Coaching ou desenvolvimento humano em geral.

Como motivar alunos e melhorar o processo da AprendizagemComo motivar alunos e melhorar o processo da Aprendizagem

Como os pais e professores podem utilizar as técnicas de coaching para motivar alunos na sala de aula e melhorar o processo da aprendizagem.

Como criar um novo Paradigma de Comportamento através do CoachingComo criar um novo Paradigma de Comportamento através do Coaching

Através de exemplos práticos baseados numa matéria da revista Você S/A entenda como criar um novo paradigma de comportamento e como as ferramentas do coaching baseadas no foco na solução podem ser úteis.

Marcelo Leandro de Campos tem experiência de 15 anos como palestrante de Autoconhecimento e treinamentos motivacionais e comportamentais; é professor de Educação Financeira na EGDS e Master Coach. Para contato e maiores informações visite minha minha página pessoal.

Esoterikha.com - Mensagens, Cursos e Treinamentos

©2003-2017 - Khaueh Produções Artísticas | Esoterikha.com - Todos os direitos reservados

Fale Conosco - SAC | Política de Privacidade