Poemas de Natal de Fernando Pessoa

Fernando Pessoa foi um poeta do modernismo e deixou um legado com obras maravilhosas incluindo esse belo poema de Natal.

poemas de natal de Fernando Pessoa

Esse é um dos poemas de natal de Fernando Pessoa que foi mais divulgado e difundido universalmente. O poeta do natal, Fernando Pessoa é considerado como um dos maiores poetas da língua portuguesa.

Fernando Antônio Nogueira Pessoa poeta do modernismo em Portugal. Nasceu em 13 de junho de 1888 na cidade de Lisboa (Portugal) e morreu, na mesma cidade, em 30 de novembro de 1935. Deixando um legado da língua portuguesa ao mundo.

A grande criação estética de Pessoa foi a invenção dos heterônimos, diferentemente dos pseudônimos, são personalidades poéticas completas: com nome, data de nascimento e biografia própria, inclusive signo. Sendo alguns deles: Álvaro de Campos, Ricardo Reis, Alberto Caeiro, Bernardo Soares entre outros. No ano de 1906, matriculou-se no Curso Superior de Letras. Porém, abandou o curso um ano depois.

O poeta passou a ter contato mais efetivo com a literatura portuguesa, com as obras de Padre Antônio Vieira e Cesário Verde. Sofrendo influência sobre estudos filosóficos de Nietzsche e Schopenhauer.

Em 1912, começou sua atividade como ensaísta e crítico literário, na revista Águia. A saúde do poeta português começou a apresentar complicações em 1935. Neste ano foi hospitalizado com cólica hepática, provavelmente causada pelo consumo excessivo de bebida alcoólica.

Sua morte prematura, aos 47 anos, provavelmente aconteceu em função destes problemas, pois apresentou cirrose hepática. Pessoa não demonstrava alguns dos sintomas mais típicos de cirrose hepática, tendo então, segundo estudos médicos, provavelmente sido vítima de uma pancreatite aguda.

O poeta Fernando Pessoa morreu no dia 30 de Novembro, Sua última frase foi escrita na cama do hospital, em inglês, com a data de 29 de Novembro de 1935: "I know not what tomorrow will bring" ("Não sei o que o amanhã trará"). Os sentimentos do passado e presente nas palavras sensíveis de um escritor que conhecia muito a alma humana. A Poesia de Natal de Fernando Pessoa expressa os sentimentos universais desta data tão especial. Veja mais: Poemas e Poesias para o Natal e Ano Novo | Poesias de Natal de Fernando Pessoa.

Poema de Natal de Fernando Pessoa

poemas de natal de Fernando Pessoa

Natal... Na província neva.
Nos lares aconchegados,
Um sentimento conserva
Os sentimentos passados.

Coração oposto ao mundo,
Como a família é verdade!
Meu pensamento é profundo,
Estou só e sonho saudade.

E como é branca de graça
A paisagem que não sei,
Vista de trás da vidraça
Do lar que nunca terei!

(Fernando Pessoa)

Recomende esse site
Esoterikha.com - Mensagens, Cursos e Treinamentos

©2003-2014 - Khaueh Produções Artísticas | Esoterikha.com - Todos os direitos reservados

Fale Conosco - SAC | Política de Privacidade