esoterikha.com Páscoa e Semana Santa
Facebook Salvar nos Favoritos

Fausto e a Salvação de Margarida - em Slides powerpoint - Mensagem para páscoa

A história de Fausto e Margarida, obra máxima de Gounod, um texto para reflexão sobre o bem e o mal, sobre o poder do amor e a renovação da fé, execelente material para leitura na páscoa.

A obra Fauto de Charles Gounod é mais do que um clássico, é uma história de salvação e redenção.

Margarida encontra a salvação quando descobre que Cristo ressuscitou. Para quem não conhece a história, essa época de pascoa é propícia para o estudo dessa grande obra, entender sua mensagem é entender o que significa a páscoa.

Mensagens para Páscoa com temas clássicos, para refletir e compartilhar.

Fausto e a Salvação de Margarida

Primeiro Ato, Cena I: A cortina abre mostrando um escritório bolorento onde o velho e frustrado Doutor Fausto encontra-se sentado entre seus livros. Ele passou toda a sua vida na busca do conhecimento, mas se sente tão ignorante quanto quando começou seus estudos. Em desespero, ele anseia pela morte.

Fausto está quase tomando uma ampola de veneno quando um distante coro de mulheres, cantando sobre a primavera e sobre o amor, o interrompe. As singelas canções entrando por sua janela lembram Fausto de Deus, mas o sábio sabe que Deus nunca lhe dará a sua juventude de volta.

Fausto e a salvação de Margarida

Praguejando as fantasias, a felicidade e a fé, Fausto invoca o satanás. Imediatamente aparece o diabo Mefistófeles, vestido como um homem mundano. Fausto hesita até que Mefistófeles oferece uma demonstração de seu poder, dizendo ao sábio que concederá tudo o que ele desejar.

Fausto pede para ser jovem outra vez. Mefistófeles faz um acordo com Fausto: na Terra, ele será seu servente; mas depois da morte, Fausto irá serví-lo no inferno. Mefistófeles oferece um contrato para que Fausto assine.

Quando o sábio vacila, Mefistófeles, numa visagem, mostra-lhe Margarida em sua roda de fiar. Enfeitiçado pela delicadeza da moça, Fausto assina o contrato. Mefistófeles dá-lhe uma estranha poção para beber e Fausto imediatamente se transforma num jovem e elegante monarca. O par sai em busca de Margarida.

Cena II: Uma agitada feira na vila. Estudantes bebem e festejam do lado de fora de uma taverna enquanto soldados, mendigos, jovens, mulheres e matronas passam.

Valentim, um jovem soldado, aparece agarrando com fervor um presente de sua irmã Margarida: uma medalha para protegê-lo na batalha. Ele se encontra com os amigos Wagner e Síebel entre os estudantes na taverna.

Os amigos decidem celebrar a partida de Valentim com um último trago. Valentim preocupa-se com o fato de deixar sua irmã sozinha. Síebel, que ama Margarida, promete cuidar dela. Valentim pede a Deus que proteja a sua irmã. Wagner, determinado a aliviar o ambiente, sobe numa mesa e começa a cantar uma divertida canção sobre um velho rato.

Ele é interrompido por Mefistófeles, que apareceu subitamente no meio dos estudantes. Mefistófeles canta para os presentes uma canção sobre o bezerro de ouro. Depois Mefistófeles começa a predizer o futuro dos estudantes, contando que Wagner vai ser morto na guerra, Síebel vai murchar toda a flor que tocar e Valentim irá tomar um tiro. Depois, o demônio golpeia o letreiro da taverna, criando uma imensa cascata de onde corre vinho em grande quantidade. Ele incita os estudantes incrédulos a beber à saúde de Margarida. Valentim, incomodado com a menção do nome de sua irmã pelo misterioso estranho, desafia Mefistófeles. Valentim tenta atacar o diabo, mas sua espada quebra no meio. Os estudantes persignam-se e fogem. Agora reaparece Fausto, exigindo que Mefistófeles lhe mostre Margarida.

No mesmo instante, entra um grupo de estudantes e jovens mulheres e começam a valsar. Ambos Fausto e Síebel, em diferentes ângulos, procuram Margarida na multidão. Quando a garota aparece, Mefistófeles distrai Síebel, tirando-o do caminho.

Fausto oferece o braço para Margarida, mas ela humildemente recusa.

Segundo Ato: Crepúsculo no jardim de Margarida. Síebel pára ao lado de uma roseira para refletir sobre o seu amor por Margarida. Ele arranca uma flor, mas ela fenece. Enfurecido com a realização da predição de Mefistófeles, Síebel enfia sua mão numa fonte de água benta onde Margarida reza todas as noites.

Faust Charles-François Gounod, nasceu no dia 17 de junho de 1818 em Paris.

Morreu em Saint-Cloud, perto de Paris, no dia 18 de outubro de 1893.

Veja o texto completo na mensagem em powerpoint que pode ser baixada gratuitamente. Veja também: O que é Páscoa? O que é Pessach? | Mensagens para Páscoa e Semana Santa.

O verdadeiro significado da Páscoa

Para fazer download dessa mensagem em power point basta clicar no link abaixo usando o botão direito de seu mouse e selecionar "salvar link como"

Baixar mensagem "Mensagem de Pascoa - Fausto de Gounod - Salvação de Margarida"

Sobre o autor: Ivan Bottion é empresário, publicitário e empreendedor. Possui formação Master Practitioner em PNL e Master Coach é um dos principais colaboradores do site Esoterikha.com na produção de conteúdo sobre desenvolvimento pessoal e profissional. Também assina muitos de seus textos com o pseudônimo de Luis Alves, tendo assim a liberdade de se expressar sobre os mais diversos assuntos disponíveis neste site. Seguir: Google + | Facebook | Twitter

Recomende esse site com mensagem para data comemorativa
Esoterikha.com - Mensagens, Cursos e Treinamentos

©2003-2014 - Khaueh Produções Artísticas | Esoterikha.com - Todos os direitos reservados

Fale Conosco - SAC | Política de Privacidade